Summary: Mesmo após a remoção do tecido cariado durante o preparo cavitário, remanescentes de bactérias são encontrados infiltradas nos túbulos dentinários, podendo induzir lesões de cárie recorrentes. Contudo, a solução de digluconato de clorexidina 2% tem se mostrado auxiliar na longevidade de restaurações, por suas características antibacterianas. Durante os procedimentos de adesão, as fibrilas colágenas não envoltas pelo adesivo são passíveis de degradação enzimática pelas metaloproteínases (MMPs) presentes naturalmente na matriz dentinária. Todavia, a solução de digluconato de clorexidina possui o poder de proteção das fibrilas de colágeno, uma vez que inativam as metaloproteinases. Desta forma, a aplicação da solução de clorexidina como constituinte da técnica restauradora auxiliaria na longevidade das restaurações adesivas favorecendo ao sucesso das restaurações. O objetivo deste trabalho é analisar o conhecimento dos profissionais de odontologia e acadêmicos da cidade de Vitória, Espírito Santo, sobre os efeitos da clorexidina como coadjuvante no aumento da sobrevida das restaurações adesivas, assim como a sua forma adequada de aplicação a fim de se obter eficácia do método. Profissionais da área de Dentística da cidade de Vitória, Espírito Santo, e estudantes de Odontologia das instituições UFES e FAESA, após assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, serão questionados quanto ao uso ou não da solução de clorexidina nos procedimentos restauradores. Caso a utilizem, será questionado em qual momento da técnica adesiva, tempo de aplicação e concentração utilizam. Também se buscará a opinião dos participantes sobre a influência da utilização da solução de clorexidina na resistência da união. Os dados serão submetidos à estatística. Espera-se encontrar um bom conhecimento dos profissionais e acadêmicos de odontologia com relação às propriedades antibacterianas, porém acredita-se que a maioria dos participantes não saberá realizar adequadamente a técnica de aplicação da clorexidina como constituinte dos passos da técnica restauradora, com intuito de alcançar todas as suas ações positivas frente à adesão dentinária.

Starting date: 2012-10-01
Deadline (months): 12

Participants:

Rolesort descending Name
Coordinator * Flávia Bittencourt Pazinatto
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900