Summary: A adaptação dos componentes protéticos nas fases de confecção das próteses sobre implante proporcionam o sucesso longitudinal das restaurações protéticas e da osseointegração. Sem uma adaptação efetiva, microgaps podem estar presentes na junção implante/componente protético. Essa desadaptação pode ser avaliada por observação visual e sondagem, mostrando-se subjetiva e variável. Radiografias periapicais frequentemente são utilizadas, sendo a técnica do paralelismo a mais indicada. Estudos que avaliam os exames por imagem com essa finalidade são classificados como de baixa à moderada qualidade. O objetivo deste projeto é avaliar a acurácia de diferentes modalidades de exames por imagem na detecção de desadaptação entre implante/componente protético. Cerca de 20 implantes em diferentes regiões dentárias serão avaliados por diversas técnicas de exames imaginológicos em estudos in-vitro e in-vivo. Sobre eles serão aparafusados cerca de 20 componentes protéticos. Entre implantes e componentes serão simuladas diferentes magnitudes de desadaptação. Os exames por imagem testados incluirão radiografias periapicais (técnica da bissetriz e paralelismo), interproximais, panorâmicas e tomografia computadorizada de feixe cônico. Filtros de imagem e recursos de pós-processamento serão avaliados. Participantes de pesquisa com diferentes graus de formação e especialidades avaliarão as imagens. Espera-se determinar qual modalidade de exame por imagem apresentará melhor acurácia na detecção de desadaptações.

Starting date: 2016-05-06
Deadline (months): 27

Participants:

Rolesort descending Name
Coordinator * Sergio Lins de Azevedo Vaz
Student Master * Caíque Araujo Siqueira
Student Master * Vinicius Cavalcanti Carneiro
Student Master * Pollyana Dáros
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900