Summary: O álcool é considerado um problema de saúde pública e possui uma forte relação com doenças hepáticas. O consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode alterar a resposta do hospedeiro e favorecer o risco de infecções, bem como ser indicador de risco para periodontite. Em indivíduos com doença periodontal, a percepção da qualidade de vida tem sido avaliada por meio de questionários estruturados, tais como OHIP-14. Além disso, doenças hepáticas podem desenvolver desnutrição por causa da função exercida pelo fígado e podem reduzir o apetite influenciando a ingestão de nutrientes. Não existe um padrão ouro para a avaliação de pacientes alcoólicos com ou sem cirrose. Diante disso, várias abordagens têm sido realizadas, entre elas, as dosagens dos níveis de albumina, ferritina e proteína C reativa, marcadores biológicos nutricionais.

Starting date: 2016-08-01
Deadline (months): 24

Participants:

Rolesort descending Name
Coordinator * Alfredo Carlos Rodrigues Feitosa
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900