Avaliação radiográfica de dentes tratados endodonticamente e restaurados com pinos de resina epóxica reforçados com fibra de carbono

Resumo: O emprego clínico de um sistema de retenção intracanal com pinos de fibra em detrimento aos sistemas de pinos e núcleos metálicos fundidos ainda é controverso, mesmo que estudos laboratoriais e clínicos demostrem que o comportamento biomecânico é mais desfavorável para pinos metálicos, com falhas que podem levar à perda do elemento dental. Em função da necessidade de pesquisas clínicas com pinos de fibra, realizaremos um estudo retrospectivo, descritivo, de série de casos, com análise radiográfica de 139 dentes em 75 pacientes que receberam pinos de fibra de carbono (C- Post® e UMC-Post®, Bisco), provenientes de um consultório odontológico privado, sob um mesmo protocolo restaurador. Para cada indivíduo, a condição dental anterior à cimentação do pino foi coletada através da ficha clínica, dos exames radiográficos, fotográficos e laudos endodônticos. Após três anos da data da cimentação do pino, além dos referidos registros, foi verificada a condição clínica destes. Assim, as radiografias passarão pelo programa Radioimp (Radiomemory®) onde serão estabelecidas as relações entre as dimensões radiculares, do pino e da inserção óssea alveolar. Esperam-se resultados radiográficos que permitam estabelecer parâmetros para a realização desse tratamento, nesse tipo população.

Data de início: 2009-05-25
Prazo (meses): 14

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Hedilberto Araujo de Sousa
Aluno Mestrado Gisela de Souza Pereira
Aluno Mestrado Priscilla Pessin Coppo
Colaborador TERESA CRISTINA RANGEL PEREIRA
Colaborador Rosana de Souza Pereira

Páginas

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900