Avaliação da eficácia de diferentes concentrações e volumes de soluções de clorexidina na diminuição da flora bacteriana bucal

Resumo: A clorexidina (CHX) é uma substância largamente empregada e estudada mundialmente em diferentes concentrações de acordo com sua utilidade. Na odontologia é utilizada principalmente na forma de colutórios nas concentrações de 0,12% e 0,2% como coadjuvante à escovação. A clorexidina é segura e eficaz, atuando principalmente contra bactérias gram positivas e em menor escala contra gram negativas, fungos e leveduras. Ela atua na formação da película adquirida levando à diminuição significativa da placa bacteriana. Justificativa: Existem muitos estudos in vivo sobre a atividade da clorexidina 0,2% ou 0,12% como enxaguatórios sobre a flora salivar, todavia a heterogeneidade das metodologias aplicadas torna difícil a comparação dos resultados entre os diferentes estudos. O objetivo desse estudo é comparar a contagem de bactérias antes e após o bochecho único da solução de digluconato de clorexidina nas concentrações de 0,12 e 0,2%, e entre a primeira com variação de volume de 10 e 15 ml, avaliando qual a concentração e volume se mostra mais eficaz e seguro no controle da microbiota oral.

Data de início: 2009-05-25
Prazo (meses): 14

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Gabriel Pfister Sarcinelli Barbosa
Aluno Mestrado Letícia Monteiro Peixoto
Colaborador Elizabeth Pimentel Rosetti
Coordenador Selva Maria Gonçalves Guerra
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900