Análise morfológica dos efeitos do estrógeno sobre o processo de erupção dentária em ratos

Resumo: A erupção dentária é o processo que permite ao dente atravessar a barreira de tecido ósseo alveolar e tecidos moles que o circunda até que ele possa emergir na cavidade bucal. A velocidade da erupção depende da reaborção do osso que cobre a superfície superior do dente por ação de células responsáveis pela degradação óssea, os osteoclastos, cuja ativação depende de fatores de crescimento e outras células. Essa atividade pode ser reduzida ou até mesmo inativada pela influência de fatores como o estrógeno, um hormônio esteróide que inibe a reabsorção óssea por atuar, direta ou indiretamente, sobre os osteoclastos. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar os efeitos do estrógeno sobre o processo de erupção dentária utilizando ratos como modelos para o estudo. Será realizada análise histológica e morfométrica das maxilas de ratos submetidos à injeção com estrógeno, além de ratos de grupos controle, quantificando o número de osteoclastos presentes ao redor dos molares de cada grupo estudado. Esses dados serão correlacionados com o aspecto da mucosa alveolar e progressão do processo eruptivo e contribuirão para elucidar os mecanismos ainda obscuros que envolvem tal mecanismo, além de ampliar o entendimento de situações e comportamentos clínicos frente ao uso do estrógeno.

Data de início: 2011-04-01
Prazo (meses): 48

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Livia Fiorim de Lima
Colaborador Marcos da Silva Pacheco
Colaborador Liliana Aparecida Pimenta de Barros
Colaborador Leticia Nogueira da Gama de Souza
Colaborador WILLIAN GRASSI BAUTZ

Páginas

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Marechal Campos, 1468 - Maruípe, Vitória - ES | CEP 29043-900